Buscar
  • Exxtend

CIENTISTAS BRASILEIROS CRIAM REPELENTE CONTRA MOSQUITO DA DENGUE

Pesquisadores da Universidade Federal do Paraná descobriram um mecanismo baseado na evolução do próprio inseto, que conseguiu impedir que a fêmea encontre seus hospedeiros.

Mosquitos conseguem farejar humanos através de um mecanismo químico, usando suas antenas e estruturas presentes na boca. Os insetos são atraídos por cheiros que os humanos exalam naturalmente. Entre esses odores, estão, por exemplo, substâncias como o ácido lático – que vai embora pelo suor – ou o gás carbônico, eliminado pela respiração. Com essa trilha, as fêmeas sabem o caminho exato que têm que percorrer para chegar à presa.

Agora, os cientistas da UFPR, coordenados pelo Prof. Dr. Francisco de Assis Marques, arrumaram uma forma de fazer o feitiço virar contra o feiticeiro. Usando uma molécula derivada do ácido lático, pesquisadores criaram um repelente capaz de afastar mosquitos Aedes aegypti. Essa tal molécula-base, quando aplicada na pele, evapora. Ao ser “farejada” pelo mosquito, bloqueia temporariamente os receptores do inseto, e impede que ele use sinais químicos para se alimentar de sangue humano.


Caso queira ver a matéria completa: https://www.metropoles.com/saude/cientistas-brasileiros-criam-repelente-que-confunde-mosquito-da-dengue


Gostou dessa pesquisa? Siga @exxtend_ para mais conteúdos interessantes como esse! 🧬


10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo