Buscar
  • Exxtend

Microalgas 🌿 com Prof. Dr. Algusto Ducati



Você já ouviu falar em MICROALGAS? 🌿


A Exxtend conversou com o Professor Dr. Augusto Ducati Luchessi da Faculdade de Ciências Aplicadas da Unicamp - ele nos contou tudo sobre sua pesquisa científica utilizando as microalgas como plataforma biotecnológica. Confira!


As microalgas são organismos unicelulares que podem viver de forma livre na água doce ou salgada (nós mesmos podemos ingerir pequenas quantidades delas quando tomamos água).

São fotossintetizantes, ou seja, obtêm energia por meio da luz solar, fazendo o sequestro de C02 do ambiente. Uma das muitas aplicações das microalgas seria a de produção de biomassa – essa biomassa contém componentes que permitem a sua conversão em biodiesel de uma forma alternativa e muito mais sustentável.


Procurando uma abordagem mais aplicada das pesquisas com microalgas, o Prof. Dr. Augusto foi até o Centro de Biotecnologia de Algas, em San Diego (CA). Lá, os pesquisadores também atuavam no desenvolvimento de biodiesel, mas, além disso, eles dominaram a conversão dessas microalgas em polímeros plásticos, chegando a produzir até pranchas de surf! Esse processo com microalgas é uma solução promissora para a substituição de petroquímicos no processo de produção do plástico. 🌿


Uma terceira aplicação para as microalgas seria na ração animal e nutrição humana, já que elas possuem um alto teor de proteínas (cerca de 40% de seu peso seco). Além disso, são ricas em ácidos graxos poliinsaturados, transformando-as em uma fonte interessante de Ômega 3. Este sendo obtido através de uma forma totalmente vegana – além de não reter potenciais contaminantes como os metais pesados que podem acumular em peixes.

Levando em conta a capacidade das microalgas de reproduzir proteínas, o Professor Augusto desenvolveu um gene sintético que codifica uma proteína humana normalmente encontrada nas nossas mucosas, e essa proteína – produzida em Chlamydomonas reinhardtii - tem ação contra vários microrganismos, como bactérias, fungos e vírus. O próximo passo é verificar a aplicação dessa proteína protetora reproduzida pelas microalgas contra HIV-1, Candida albicans e até contra o próprio SARS-Cov-2.


Atualmente, o desenvolvimento das pesquisas com microalgas pelo Prof. Dr. Augusto e os demais pesquisadores da Unicamp está pausada, uma vez que o uso dos laboratórios da Universidade está restrito somente para os experimentos que envolvam o Coronavírus. A Exxtend, como apoiadora da pesquisa nacional, deixa aqui um convite às iniciativas privadas para que considerem financiar as pesquisas relacionadas às microalgas – que se mostraram uma plataforma biotecnológica promissora para diversos fins.


Agradecemos ao Prof. Dr. Augusto Ducati Lanchessi pelo aprendizado e torcemos para que este estudo dê passos largos rumo ao sucesso! 🌿


Siga a Exxtend nas redes sociais: Facebook: https://bit.ly/exxtendbr Instagram: https://bit.ly/exxtend_ LinkedIn: https://bit.ly/exxtend

11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo